Início » Produtos » Consumíveis » Vareta Tig » Vareta tig Especiais » Vareta Tec Dur x39 1,6mm d6

COD:
004820

Vareta Tec Dur x39 1,6mm d6

Arame e Vareta sólidos de estrutura martensítica, e boa soldabilidade, a adição de uma quantidade maior de molibdênio em sua composição o torna resistente à corrosão em temperaturas de até 500°C, tem boa resistência a impacto, compressão e abrasão a quente, indicada também para recuperação de ferramentas em aços VC e VND.

Imprimir Orçar Cotação Rápida via Whats

Especificações

O preaquecimento reduz:

O risco de fissuração a frio;
As tensões de contração;
A dureza na zona afetada termicamente pelo calor.

A temperatura de preaquecimento aumenta em relação ao seguinte:

Principalmente pelo teor de carbono do metal de base;
Ademais, dos elementos de liga no metal de base;
Igualmente das dimensões das peças;
Assim também, da temperatura inicial;
Da velocidade de avanço das soldas;
De acordo com o diâmetro do consumível.

Formas para determinar a temperatura de preaquecimento
A princípio; devemos conhecer a composição química do metal de base, para dessa forma, selecionar uma temperatura correta. Controlamos a temperatura com dois fatores importantes:

O teor de C do metal de base;
Os elementos de liga do metal de base.

A medida que aumenta o teor de carbono do material de base, de maneira idêntica, sobe a temperatura de preaquecimento. Um método básico para determinar a temperatura de preaquecimento é primeiramente calcular o carbono equivalente do metal de base. Por outro lado, devermos considerar as dimensões das peças e ademais o grau de restrição das juntas.

Composição Química (%)

C = 0,33 – 0,45 %
Si = 1,0 %
Mn =1,5 %
Ni =1,0 %
P =0,04 %
S =0,015 %
Cr =15,5 – 17,5 %
Mo =0,8 – 1,3 %

Dureza: 50-52 HRC

Aplicações: equipamentos para processamento de alimentos, partes mecânicas, enchimentos de eixos de aço inoxidável, reparos de peças que são expostas ao desgaste em temperaturas elevadas, etc..banner Disponível na medida 1,2mm

Vareta Tec Dur x39 1,6mm d6 - Varetas para Solda TIG de Argônio em ligas especiais você encontra aqui. Ligas foscoper, TP20, P20, Rap, Bronze, Latão e H13. de 0.8, 1.0 , 1.2 , 2.4 3.2 mm . O processo TIG permite soldar materiais com ou sem material de adição. Dependendo da aplicação da solda, é possível adicionar material à poça de fusão; nesse caso, o material deverá ser compatível com o metal de base. O processo TIG foi desenvolvido na década de 40 para soldagem de aços inoxidáveis e de ligas de alumínio e magnésio; atualmente, é utilizado para soldar praticamente todos os metais. Aplicação O processo TIG é utilizado na soldagem de todos os tipos de juntas e chapas, principalmente as de espessura menor que 10mm. É um processo adequado a quase todos os metais, em especial titânio, zircônio, ligas de alumínio e magnésio, aços ligados, inoxidáveis, ligas de níquel e ligas especiais. É um processo bastante utilizado para soldagem de tubos, na indústria aeroespacial e nuclear e em trabalhos de reparação devido à facilidade em controlar o processo e à possibilidade de utilizar material de adição. Vantagens/desvantagens Este processo tem a vantagem de apresentar cordões de solda de alta qualidade, sem escória e sem respingos e pode ser empregado em todas as posições e tipos de junta. Em razão de admitir um controle preciso de entrega térmica, a soldagem TIG é a mais adequada para unir metais de pequena espessura, para fazer cordões em componentes sensíveis ao calor, para trabalhos de manutenção e também para soldar pontos em chapas finas. Uma desvantagem no processo TIG é que o trabalho só pode ser realizado em local coberto ou protegido; se utilizada no campo, a soldagem TIG sofre a influência da circulação de ar no local e a proteção fornecida pelo gás inerte é prejudicada; outra desvantagem é que na soldagem de chapas grossas sua produtividade é baixa.

O reparo de rodas de liga leve é um exemplo de aplicação de Varetas Tig


Consumíveis de Solda são materiais que se depositam no cordão de solda e por isso normalmente são os materiais de maior consumo em um serviço de Soldagem. Cada processo de Solda possui seu tipo de consumível. Para solda elétrica com Eletrodos, encontre aqui Eletrodos Revestidos 6013 (conhecido como OK46), eletrodos 7018 (Alta resistência, conhecido como OK48). Na classe de eletrodos revestido encontre também eletrodos para dureza e eletrodos revestidos para solda de ferro fundido. Ainda há eletrodos para Solda de Alumínio e Eletrodos para Solda de Inox ( com código 308L). Os eletrodos possuem diversos diâmetros, desde 1,6mm, 2,0mm, 2,4 (2,5)mm, 3,2mm, 4,0mm, 5,00 e 6,00mm.

Para Solda TIG, conhecida como solda com Argônio, encontre aqui Consumíveis de Solda chamados de Vareta TIG. Assim, como os eletrodos revestidos, possuímos Varetas TIG para Solda de Aço Inox (308, 309 e 316), Varetas TIG para Solda Alumínio (Ligas 4043, 5356 e outras) e Varetas de Solda TIG para Aço-carbono, ligas ER 70S-3 . As varetas possuem uma ampla gama de diâmetros: 0,6mm, 0,8mm, 1,0mm, 1,6mm, 2,0mm e 2,4 (2,5)mm, 3,2mm, 4,0mm . Também contamos com Varetas especiais para solda Prata, P20, aços duros e para brazagem.

Consumíveis para Solda MIG você também encontra aqui, sendo os Arames de Solda MIG/MAG. O arame de solda MIG pode vir em rolos de 900g, 1kg, 5kg, 7kg e 15kg. Os arames para Solda de Aço-carbono ER70S-6 vem em rolos de 15kg em espessuras de 0,6mm, 0,8mm, 1,0mm, 1,2mm e 1,6mm. Arames para Solda Alumínio vem em rolos de 7kg , com as mesmas espessuras. Essas ligas são principalmente 4043, 5356 e 5184. Arames para Solda de Aço inox de ligas 308, 309 e 316 também são achados nessa categoria. Arames para solda MIG sem gás em rolos pequenos de 900g temos também, assim como Arames tubulares em revestimento interno.

Finalmente, Pinos de Solda capacitiva e Indutiva que consumíveis de solda pinos também se encontram na Solenge. Eles são encontrados em diversas espessuras e comprimentos, de 3mm de diâmetro a 25mm, bem como 5mm  a 160mm de comprimento.

Solenge Soldas

Avaliação 
2
X   Fale via Whats
  sem precisar
  salvar contato
  clique abaixo
× Whats