Início » Produtos » Consumíveis » Vareta Tig » Vareta tig Aço Inox » Vareta Tig Inox 2,40mm 316L

  • Vareta Tig Inox 2,40mm 316L
  • Vareta Tig Inox 2,40mm 316L

COD:
00684

Vareta Tig Inox 2,40mm 316L

Consumível para soldagem de aço inoxidável do tipo AISI 316 L e CF 3M, ou revestimentos altamente resistentes à corrosão sobre os aços carbonos e baixa liga. O depósito de solda é resistente à corrosão intergranular e pode ser utilizado em temperaturas entre 195ºC e 350ºC.

Imprimir Orçar

Especificações

Composição Quimica (%)

C – 0,03

Cr – Máx18

Ni – 11,00

Mo – 2,00

Mn – 1,00

Si – 0,30

P – 0,03

S – 0,03

Cu – 0,75

Varetas de Solda TIG para Aço Inox você encontra aqui! Consumíveis de solda TIG em ligas 308L para 304, 309L e 316L em diversas espessuras.
Aço Inox: Processos de Soldagem TIG com Aço Inoxidável O aço inoxidável é um tipo de aço de alta liga, geralmente contendo em sua composição química elementos como cromo, níquel e molibdênio. Esses elementos de liga, principalmente o cromo, confere ao aço inox uma excelente resistência à corrosão quando comparados ao aço carbono. O aço inoxidável possui pelo menos 10,5% de cromo, com composição química balanceada para ter uma melhor resistência à corrosão. A principal liga é a 304 .
Os aços inoxidáveis são classificados em aços inoxidáveis austeníticos, aços inoxidáveis ferríticos e aços inoxidáveis martensíticos. Porém, existem outras variáveis destes grupos de aços inoxidáveis, como, por exemplo, os aços inoxidáveis duplex que possuem 50% de ferrita e 50% de austenita e os aços inoxidáveis endurecíveis por precipitação.
As microestruturas que classificam os aços inoxidáveis são divididas em dois grupos de elementos de liga: os que estabilizam a austenita e os que estabilizam a ferrita, conforme abaixo: Elementos que estabilizam a ferrita: Cr, Si, Mo, Ti e Nb; Elementos que estabilizam a austenita: Ni, C, N e M Soldagem a Arco Gasoso com Tungstênio (GTAW ou TIG) Este é o processo mais amplamente usado devido a sua versatilidade e alta qualidade bem como a aparência estética do acabamento da solda. A capacidade de soldar em baixa corrente e, portanto entrada de pouco calor, mais a capacidade de adicionar o arame de adição necessária, é ideal para materiais finos e a raiz corre em um dos lados da soldagem de chapa e tubo, mais grossa. O processo é facilmente mecanizado e a habilidade para soldar com ou sem o arame de adição (solda autógena) faz deste processo a soldagem orbital do tubo.
O argônio puro é o mais popular gás protetor, porém o argônio rico de misturas com a adição de hidrogênio, hélio ou nitrogênio é também empregado em finalidades específicas. Sendo empregada a soldagem lateral simples com proteção de gás inerte em baixo do cordão de solda evita-se a oxidação e a perda da resistência a corrosão. O nome TIG é proveniente das iniciais da nomenclatura do processo em inglês: Tungsten Inert Gás. Nesse processo a adição é feita externamente, manual ou automatizada.

Solenge Soldas

× Fale via Whats